Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Attention

«I am the author of my life. Unfortunately, I am writing in pen and can not erase my mistakes.» - Bill Kaulitz

Attention

«I am the author of my life. Unfortunately, I am writing in pen and can not erase my mistakes.» - Bill Kaulitz

31
Dez16

Best Of... #12

twilight_pr

Como explicar este ano? Sem dúvida, começo a ser apologista dos anos pares.

Um ano de mudanças e experiências. Sinceramente, estou feliz por ter feito muitas das coisas que fiz este ano.

Não me querendo repetir sobre todos os concertos a que fui durante o ano, porque já fiz o post sobre a música - mas reforço que isso foi um grande ponto em 2016.

Falando também da minha ida à Disney On Ice onde pude ver as histórias do Toy Story 3, Carros, Frozen e Pequena Sereia - e sendo Disney não poderia ter sido mais mágico!

Com 2016, tive a oportunidade de participar na Cimeira das Democracias na Católica e estar naquelas grandes salas a andar por ali como estudante.

Não fui ao baile de finalistas com a Pipa e portanto não partilhei essa memória com as minhas amigas, em vez disso, o meu baile foi passado no Rock In Rio. Também não fui à minha viagem de finalistas.

Em 2016, terminei o secundário e comecei a nova etapa da minha vida - a faculdade, no curso que eu quero. Começo a passar mais tempo em Lisboa que é algo que eu realmente adoro.

Passeei muito este ano. Fui de novo ao Palácio Convento de Mafra que são as raras as vezes que lá foi e andar a babar-me para a biblioteca. Fui ao Jardim do Éden e ainda fui pela primeira vez ao Iberanime assim como ao Lisboa Games Week.

Sobrevivi a escaldões no verão e ainda ao inverno de janeiro a março. Consegui sobreviver à minha ida ao Monsanto e à minha subida a pé, com um resto de água, ao topo do Monsando sem desfalecer com o sol e com temperaturas de 34ºC.

Voltei ao Pavilhão do Conhecimento que era algo que eu queria fazer há muito tempo, assim como voltei ao Planetário, coisa que não fazia há coisa de cinco anos.

Fiz 18 anos, que fez com eu visse que continuo a mesma coisa. A única coisa é que agora posso ir colocar o euromilhões ou buscar bebidas ali ao centro comercial.

Com a minha chegada à maioridade e com a minha entrada na faculdade, fiz a minha segunda e terceira tatuagem que já estavam destinadas há muito tempo.

2016 fez-me entende que gosto de Game of Thores e que começa a ser uma grande obsessão minha, por andar sempre a gritar pelos canto da casa DRACARYS!

2016 fez-me deixar de ver pessoas que eu há já muito tempo que não queria ver e, afastou oturas que eu queria que continuassem por perto. No entanto, outras amizade permanecem. A minha relação com os meus pais continua mais próxima e acho que de certa forma melhor a cada ano que passa (também nunca foi má a minha relação com eles) - possivelmente por estarmos mais velhas. As manas... acho que nem preciso dizer como é que isto está por casa.

Reforcei a minha amizade com muitas pessoas daqui e que ao longo deste ano me ajudaram muito - e pessoas... vocês sabem quem são... - obrigada por estarem desse lado sempre. Espero nunca vos ter desiludido.

Em 2016 consegui ir várias vezes ao cinema  e especialmente a starbucks, comprar livros e ainda saí várias vezes de casa (normalmente sou uma pessoa demasiado doméstica para o gosto de muitas pessoas). Não fui a festas, mas fui à praia com as manas e ainda com a família que vive no Algarve.

Por aqui, 2016 deu-me uns belos destaques... e tenho de agradecer à SAPO porque é simplesmente fantástico. E claramente não me posso esquecer dos 4 anos que aqui ando.

2016 foi uma altura de experiências e finalmente consigo aproximar-me mais do fogo que antigamente e sabem o quão isso é bom para mim, perante a minha fobia ao fogo. Ainda não consigo cozinhar, mas consigo estar mais perto do fogão e isso é realmente uma vitória conquistada em 2016.

No geral, só tenho a agradecer o que 2016 me trouxe e só espero que 2017 seja bom! Porque apenas quero começar com o pé direito e continuar num bom caminho.

Que venha 2017.

Espero que entrem todos com o pé direito. Se 2016 foi um ano complicado para vocês, vão ver que 2018 vai ser um novo livro, uma nova viagem, um novo álbum de memórias. Se 2016 foi realmente bom e vocês não queriam que terminasse - 2017 vai ser a sequela, vai ser a continuação da vossa viagem!

13658415_1163403197060484_169716181_n.jpg

14374054_340915436249331_916190484_n.jpg

14711992_315015385545037_4835467597099040768_n.jpg

13658901_1037809039589661_1006300932_n.jpg

13743454_1558788854429371_1653362137_n.jpg

14128890_304316999943539_1045154865_n.jpg

14156220_882641005202919_125660753_n.jpg

14360115_573941112792981_8473715031828070400_n.jpg

14374067_307476826293977_9137439177304965120_n.jpg

Boas entradas!

Pág. 1/33

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.