Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Attention

«I am the author of my life. Unfortunately, I am writing in pen and can not erase my mistakes.» - Bill Kaulitz

Attention

«I am the author of my life. Unfortunately, I am writing in pen and can not erase my mistakes.» - Bill Kaulitz

30
Abr19

What I Saw #141

twilight_pr

After (2019)

After.jpg

Já vi o filme há duas semanas, mas como tinha uns tantos posts em atraso este acabou por ir ficando. Felizmente que ainda posso falar dele no próprio mês em que o vi, porque daqui a nada estava no final de maio e ainda não tinha falado dele.

O filme é uma adaptação do primeiro livro da saga do After escrito por Anna Todd, saga essa que anteriormente estava publicada no whattpad como uma fanfiction dos One Direction cujo personagem principal acaba por ser Harry Styles. Com as mudanças para livro, Harry para a ser Hardin Scott, e fizeram também umas quantas mudanças porque é aquela coisa de que quando o autor pega de novo na história acaba sempre por modificar qualquer coisa.

A história é a mesma, Tessa vai finalmente para a faculdade e sai de casa da mãe e pensa em continuar a namorar com o seu namorado Noah que, mesmo estando ainda na escola e ela agora noutra cidade, ela quer mesmo fazer com que o namoro à distância acabe por funcionar. Apesar das relutâncias da sua mãe devido à companheira de quarto, Tessa acaba por ficar com Steph como companheira de quarto e é também através dela que conhece Hardin Scott. 

Desde sempre que existe uma grande tensão e química entre eles e portanto acaba por ser dia menos dias que eles acabariam por começar a nutrir sentimentos um pelo outro e acabassem por ficar juntos. 

A história assim por alto é esta contudo, posso já dizer que existem coisas que acabam por ser diferentes daquilo que eu estava mesmo a achar que iriam ser no filme. Primeiro que tudo, pensei mesmo que a Tessa e o Langdon acabassem por ter uma amizade muito mais evidente e presente durante o filme, assim como pensei que ela e o Hardin não só acabariam por discutir mais vezes como também pensei que ela passasse mais tempo com os amigos dele, afinal... as coisas teriam de ser tensas por causa dos acontecimentos que levaram ao desfeche da história no livro e também no filme por assim dizer.

Pensei ver mais da relação entre os pais do Hardin com o próprio Hardin. Compreendo isto tudo, afinal é um filme e têm de cortar algumas coisas, contudo, acho que por exemplo havia coisas que não eram precisas mudar, contudo, ao longo do tempo o filme acaba por preencher e tornar as coisas mais reais porque again quando o livro foi escrito (ou melhor reescrito) ele estava ainda numa onda de fanfic e portanto acabou por ter outra sonoridade com estas novas pontas que acabaram por ser colocadas.

De resto, quero confessar que quando soube que seria o Hero o ator que fazia de Hardin, eu sinceramente não pensei que ele seria o perfeito para o papel. Sempre imaginei e imagino o Hardin de cabelo comprido, como por exemplo está o Harry Styles do vídeo da Perfect. Sempre o imaginei assim, talvez seja porque quando li tinha saído há pouco tempo e isso acabou também por influenciar eu saber que era sobre o Harry e ele na altura andava com o seu cabelo comprido. Não sei. No entanto, quando fui ver os primeiros trailers e acabei por descobrir a voz do Hero, socorro. Aquela voz era mesmo a do Hardin.

Ainda não superei esse ponto do filme e que para mim foi um dos pontos fortes, a voz dele.

Ao longo do filme também tentei ao máximo não focar-me no facto de ele ser o Voldemort ou melhor, o Tom Riddle pequeno no sexto filme do Harry Potter. Tentei não focar-me nisso, mas muitas vezes quando ele falava, apenas conseguia ouvir a voz do Tom Riddle e não propriamente a voz do Hero enquanto Hardin.

Continuando, achei que o filme acabou por compor muito melhor a forma como era a relação deles, que para mim sempre foi um bocado tóxica devido à forma como eles falavam um com o outro, a discussão... tudo isso, ao ponto de Tessa não poder falar com o Zed e tudo mais, portanto, isso tudo acaba por ter uma grande influência, mas como isso não aparece no filme também não podemos ter muito dos ciúmes e da falta de confiança entre eles os dois que acabou por aparecer ao longo do tempo.

No geral gostei muito do filme, achei que a mãe da Tessa iria ser muito mais obsecada do que acabou por ser, mas again as coisas acabaram por ser num todo muito mais moderado que o próprio livro que este para mim acaba por ser muito mais "forte" e até a cena da aposta é realmente muito mais chocante do que apenas uma aposta.

O final acaba por não ser o mesmo que no filme, mas até que acaba por se entender. Porque ao fim ao cabo, se acabasse como terminou no livro teríamos um final like Fifty Shades of Grey e acabamos por não o ter. É um final em aberto para aquilo que poderá acontecer entre o Hardin e a Tessa, mas nota-se perfeitamente que mesmo que não haja uma continuação que o filme acabou de forma a poder fechar e conseguir fechar aquele ciclo.

Contudo, bem que podiam fazer mais um. Nem que seja pela voz do Hero. 

Pág. 1/20

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.