Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Attention

«I am the author of my life. Unfortunately, I am writing in pen and can not erase my mistakes.» - Bill Kaulitz

Attention

«I am the author of my life. Unfortunately, I am writing in pen and can not erase my mistakes.» - Bill Kaulitz

05 Abr, 2020

Book Store #423

twilight_pr

As Aventuras de Tintim: Os Charutos do Faraó

As Aventuras de Tintim - Os Charutos do Faraó.jpg

Autoria de Hergé.

Tintim está numa viagem para Xangai e tem todos os seus traços preparados para a longa viagem de barco. No entanto, durante a viagem Tintim continua a fazer as diversas perguntas que não são nada convenientes para todo o esquema envolta de tudo o que está em volta do papiro encontrado por um professor. O túmulo de um faraó. No entanto, Tintim estava a achar demasiado estranho especialmente quando entrou e perdeu de vista o professor. De repente, enquanto investigava acaba por se embrenhar ainda mais numa situação que não tinha forma de evitar. 

Deste modo, Tintim é visto num caixão à deriva do mar ao lado do seu fiel amigo Milu. O professor encontra-se noutro caixão o professor, mas tudo se torna difícil ao entender que quando é salvo, o navio apenas o salvou a ele. Neste caso, ao entender que as conspirações em volta do faraó, Tintim pede para voltar imediatamente ao Egito para conseguir desvendar o mistério e salvar o próprio professor que tinha desaparecido.

Esta história é a primeira parte de uma aventura. A primeira parte que envolve as cidades do Egito e a Arábia de forma a entender a parte inicial do mistério que envolvem uma grande rede com os charutos do faraó. Neste caso, graças às confusões que se administra vemos um Tintim a ser procurado pela polícia, nomeadamente os próprios detetives Dupond e Dupont. 

Nesta aventura, Tintim encontra-se apenas na companhia do seu fiel amigo Milu e acaba por colocar em stand by o seu destino final. Desta forma, apenas veremos Tintim em terras chinesas na segunda parte deste mistério.

Pág. 10/10