Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Attention

«I am the author of my life. Unfortunately, I am writing in pen and can not erase my mistakes.» - Bill Kaulitz

Attention

«I am the author of my life. Unfortunately, I am writing in pen and can not erase my mistakes.» - Bill Kaulitz

31
Dez18

Book Store #356

twilight_pr

Entre tu e eu

Entre tu e eu.jpg

Autoria de Nora Roberts.

A historia é bonita e romântica e leva-nos realmente a dois mundos totalmente diferentes um do outro. Normalmente estes dois mundos acabam por estar lado a lado ou algo assim parecido, mesmo sendo diferentes um do outro. Contudo, aqui as coisas são diferentes no meu ponto de vista.

Esta história mostra-nos Phillip um diretor de cinema que está frustrado por não conseguir encontrar a sua cidade perfeita para o seu novo filme e uma das coisas que ele se recusa a aceitar é sem dúvida um filme feito totalmente em cenários. Contudo, a sua sorte muda quando é parado por um polícia por excesso de velocidade e graças ao seu mau génio recusa-se a pagar a multa e acaba preso dentro da cela da polícia daquela pequena cidade. O facto de ter ido preso não foi apenas por causa da multa que não quis pagar, mas ao chegar à esquadra não quis acreditar que a xerife era uma mulher e que era ela que tomava as rédeas de toda aquela cidade, especialmente porque para ter um advogado, era ela que acaba por ter também esse cargo. Tory não lhe facilita as coisas com a multa e Phillip acaba preso por uma noite e terá de pedir e tudo ao advogado ajuda para lhe poder pagar a fiança que agora era muito maior do que a simples multa que ele tinha no princípio.

Desde o início vemos uma grande atração pelos dois. Phillip sente-se atraído por ela especialmente pela forma como a mesma responde aos ataques dele e ao seu mau génio; e ela sente-se atraída por ele, mas tenta controlar toda aquela atração especialmente porque sendo ele de Califórnia as coisas tornam-se complicadas quando ela estava temporariamente numa cidade pequena em honra do seu pai que tinha morrido e que ela própria tinha um emprego fixo numa outra cidade não muito longe dali. Ambos sabiam que nada estava feito para que eles pudessem resultar, especialmente pela forma de reagir a cada situação.

Ao longo do tempo, Phillip durante a sua noite atrás das grades entende que aquela era a cidade perfeita para gravar o seu filme. Após o pagamento da fiança sai e fala com todas as pessoas envolvidas no filme e faz de tudo para começar a trabalhar nele. Os meses que Tory tem de serviço como xerife acabam por ser os mesmos que Phillip irá resolver as coisas do filme e gravará tudo e no meio disto tudo, uma relação começa.

Algo que não queriam acaba por acontecer. Face ao facto de estarem ambos atraídos um pelo outro, Tory e Phillip decidem render-se à paixão que sentiam um pelo outro, contudo, não esperavam que ao longo do tempo acabassem por realmente sentir algo mais do que uma simples atração e ao longo dos acontecimentos vemos uma preocupação de um outro nível em relação aos dois personagens.

Ao longo do livro não vemos apenas a história deles os dois, como disse o livro passa-se numa cidade pequena em que todos se conhecem e como tal é fácil de todos saberem o que se passa e vemos isso bem representado no livro, as histórias que são contadas uns aos outros e até mesmo a forma como Tory se comporta com o pequeno rapaz, que foi apanhado depois de ele e os amigos terem partido uma janela. Até vemos a forma como o parceiro de Tory na polícia de comporta e como ele realmente acaba fascinado com o cinema e especialmente com uma certa atriz. Neste livro não há personagens secundários, o resto de toda a cidade acaba por ser o personagem secundário e isso foi interessante.

O facto de ser uma cidade pequena dá a sensação de que é tudo mais calmo e muito mais antigo, ou seja, não é tão atualizado como parece, ao ponto de realmente ser possível ver Tory a andar de cavalo mais vezes do que andar de carro que não era assim tão habitual. É engraçado comparar este mundo tão rústica que foi onde Tory cresceu e viveu uma boa parte da sua vida em relação ao mundo moderno que o Phillip acaba por trazer durante alguns meses com as gravações do filme que ele estava a dirigir. Foi interessante ver este choque de dois mundos, mais do que eu realmente estava a contar. 

1 comentário

Comentar post

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.