Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Attention

«I am the author of my life. Unfortunately, I am writing in pen and can not erase my mistakes.» - Bill Kaulitz

Attention

«I am the author of my life. Unfortunately, I am writing in pen and can not erase my mistakes.» - Bill Kaulitz

08
Jan19

Book Store #362

twilight_pr

Dengeki Daisy (16 volumes)

Dengeki Daisy.jpg

Autoria de Kyousuke Motomi

Este é um manga composto por 16 volumes e acabei por os ler durante o dia inteiro de 1 de janeiro e portanto comprovo que basicamente foram os meus primeiros livros de 2019. Contudo, como seria um bocado complicado explicar todos os 16 volumes de forma individual e acabei por querer falar deles num todos como se os 16 livros fossem realmente apenas um só, afinal é apenas uma história.

Assim sendo, falaremos realmente da história.

Teru é uma rapariga que perdeu o irmão mais velho e a única pessoa da sua família. Perdeu o irmão e o seu porto de abrigo devido a uma doença que o foi matando ao longo do tempo, já na sua fase terminar, o próprio acabou por tomar a decisão que transformou a vida de Teru para sempre. O seu irmão deu-lhe um telemóvel e nesse telemóvel teria então o contacto de uma pessoa que acabaria por substituir a presença do seu irmão. Era o contacto de Daisy. Ela nunca iria descobrir realmente quem era Daisy, mas ele saberia quem ela era e ele faria de tudo para a ajudar em todos os momentos dificeis e menos dificeis da sua vida.

Teru entrou no liceu e graças a um acidente que causou numa dívida escolar por ter partido um vidro, assim sendo, sem dinheiro para para pagar os estragos escolares, Kurosaki acaba por lhe oferecer uma proposta a Teru, consistindo em ser sua ajudante durante os tempos livres e as horas de trabalho acabariam por ser revertidas em dinheiro que lhe pagariam as contas.  Teru, não tendo outro caminho, acabou por aceitar e assim começou a relação deles.

A confiança que acabou por ser partilhada levou a que Teru contasse a Kurosaki sobre a existência de Daisy e de como realmente se sente confortável com ele. Kurosaki é bem mais velho que ela, mas ao longo do tempo acaba por nutrir uma grande estima por ela, especialmente porque começa a entender a forma de pensar de Teru e a forma ingénua de como ela realmente vê o mundo, mesmo depois de lhe terem tirado uma das pessoas mais importantes para ela. 

Aquilo que Teru não sabe é que Kurosaki está na escola não apenas porque é um auxiliar da mesma, mas sim porque ele é na realidade Daisy, a pessoa que lhe tem ajudado ao longo dos anos a combater a solidão e os problemas que ela tinha andando a enfrentar. Kurosaki nunca lho disse, porque de certa forma ele já não era aquele Daisy e portanto a forma como ela interagia com Korusaki era diferente da forma como ele acabava por falar também com ela e era diferente de falar como Daisy, especialmente quando era tudo por escrito.

A história complica-se por dois motivos. Teru começa a nutrir sentimentos por Kurosaki e ele é bem mais velho que ela, dado que ele basicamente era da mesma idade que o irmão mais velho da rapariga. Depois, há alguém atrás de algo que Teru tem: o telemóvel. Daisy era um hacker fantástico e que estava escondido de todos. Os maus queriam encontrá-lo para poderem realmente contaminar o mundo e a forma de conseguir encontrá-lo era através de Teru.

A história é envolvente, talvez pela relação deles partir realmente do 0 como se ele não a conhecesse ou coisa assim parecida e a relação acabasse por evoluir logo desde o princípio e a forma como o Kurosaki acaba por se envolver emocionalmente com ela é progressivo e acho que isso é importante de salientar, especialmente porque o manga inteiro temos de ter em atenção ao facto de para além de ele ser mais velho e ela ser uma menor, Kurosaki era um empregado na escola e portanto aquela confraternização entre empregado e aluna não poderia realmente acontecer, a única coisa que era permitida era a amizade dado que trabalhavam juntos.

Um dos poucos mangas que eu realmente tenha conseguido ler tão rápido, gostei mesmo muito dele.

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.