Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Attention

«I am the author of my life. Unfortunately, I am writing in pen and can not erase my mistakes.» - Bill Kaulitz

Attention

«I am the author of my life. Unfortunately, I am writing in pen and can not erase my mistakes.» - Bill Kaulitz

23 Mai, 2020

Book Store #436

twilight_pr

Be With Me

Be With Me.jpg

Autoria de Jennifer L. Armentrout.

Há tanto tempo que vos quero falar deste livro e preparem-se que acho que o post vai ser longo. Acho que nem consigo fazer por secções para tornar a leitura mais fácil e de forma a que não se torne tão secante como poderia ser, no entanto, vou fazer de tudo para que não seja. Prometo. 

Em 2014 li o primeiro livro da saga, o Espero por Ti e fiquei completamente apaixonada não só pela forma como Armentrout escreve, mas sobretudo pelos personagens, pela história e sobretudo por tudo o que ainda estava por vir. Esperei seis anos para voltar a ler o segmento da história. É verdade. Demorei este tempo todo e não foi porque quis não queria demorar tanto tempo a retomar as leituras da autora, mas aconteceu e especialmente porque não o encontrada em lado nenhum!

Desde 2014 que esperava que a saga continuasse a ser traduzida para português e que fosse editado pela 5 Sentidos. Pensei ainda mais que o livro iria sair quando lançaram o livro 1.5 - Confia em Mim - que é a história do primeiro livro, mas do ponto de vista do Cam. Achei mesmo que iria sair, no entanto, acabou por nunca acontecer e entretanto, já estamos nós em 2020. Durante estes seis anos continuei sempre à procura e especialmente porque continuava a cismar que apenas o iria ler quando comprasse de facto o livro e que fosse numa livraria e etc e que tinha de ser em português porque tinha lido o primeiro e 1.5 dessa forma.... manias.  

Ora, não aconteceu. Li-o em inglês depois de não aguentar e especialmente porque queria discutir o livro com a Jules face a tudo o que poderia acontecer no livro. Sinceramente eu queria mesmo saber o que iria acontecer para poder falar com ela e especialmente porque sofro de síndrome de spoiler e portanto eu precisava de saber de tudo o mais rapidamente possível e, dado que ela já tinha lido, nada melhor do que falar com ela para poder discutir os assuntos da história.

O Be with Me é a história de Teresa a irmã mais nova de Cam. No primeiro livro ficamos a saber que Teresa não teve a melhor das experiências enquanto adolescente e que isso acabou até por ter repercussões na vida de Cam. Teresa tinha sido vítima de violência no namoro e isso tinha-lhe deixado marcas especialmente a nivel do foro psicológico. Ela sem dúvida que não conseguiu voltar a ser a mesma pessoa que era antes, porque ela não queria nunca mais voltar a passar pela mesma coisa que tinha passado e também porque não queria voltar a ser a culpada por algo que pudesse acontecer ao irmão da forma como tinha acontecido. 

No entanto, no livro dela as coisas não estão no ponto de ela conseguir assimilar melhor as coisas após o rompimento com o namorado. As coisas passam-se de uma forma diferente e tudo começa exatamente porque Teresa está completamente apaixonada pelo melhor amigo de Cam: Jase. 

A verdade é que as coisas não são completamente simples. Para além de Jase ser o melhor amigo de Cam, que é o irmão de Teresa, as coisas na vida dele também não estão as melhores. No entanto, não quero falar sobre isso porque revelar realmente um dos grandes spoilers de todo o livro e isso eu não o quero fazer. Já basta o que eu ando a dizer aqui na realidade para poder comentar ao longo do tempo o que eu penso e a minha interpretação do que está aqui escrito.

Ora, Teresa e Jase, como estava a dizer, os dois sentem algo um pelo outro, mas as coisas não são assim tão simples. Dessa forma, os dois tendem a manter uma grande distância entre eles, mas as coisas acabam por não funcionar da melhor maneira para dizer a verdade. Porquê? 

Teresa está magoada, lesionou-se no joelho e desde que isso que lhe aconteceu que foi para a faculdade onde andava Cam para poder ter um plano B caso o plano A não resultasse, de que forma? Teresa queria dançar, mas dada à lesão não se sabia se ela iria conseguir fazê-lo ou não.

É com a entrada de Teresa que as coisas se tornam mais difíceis. Antes eles conseguiam ignorar-se porque não estavam na mesma faculdade e sempre que se viam era porque Jase estava para ver Cam. No entanto, com ela na faculdade tudo mudava e especialmente quando tinham uma cadeira juntos. 

Ou seja, todo aquele sentimento continua a ser reprimido. As coisas tornam-se cada vez mais complicadas agora que se falam e ainda para mais que convivem. No entanto, Jase não está completamente disposto a falar sobre o seu segredo e aquilo que o obriga a manter-se afastado e especialmente porque não quer magoar Teresa, no entanto, parece que em todos os lados que ela olha as coisas são más. 

Tinha um namorado abusivo, para terminar essa relação Cam saiu prejudicado, depois apaixonou-se pelo melhor amigo de Cam, que tem medo de ter uma relação por ter especialmente um grande segredo que poderia fazer com que ela olhasse para ele de uma outra forma, para acrescentar a isso ainda teríamos de falar sobre o facto de ter uma lesão e que não se sabe se iria poder voltar a dançar depois de tudo e para finalizar... Teresa partilha o quarto com uma rapariga que, por acaso, está num relacionamento abusivo e tudo lhe faz reviver o seu passado.

O livro está cheio de conteúdo e a cada página acontece algo que não estamos a contar. Acho que é um dos pontos altos. Acho que acontece de tudo e mais alguma coisa, mas manter tudo com um fio condutor para não ficar horrível é super importante e acho que ficou no ponto porque nos transporta, de certa forma, para uma timeline que é bastante importante de manter e que avança na história, através de vários acontecimentos e que, ao mesmo tempo, desenvolve a personagem de uma forma gradual e não totalmente drástica ao ponto de perdermos todos os seus valores.

Se pensarmos bem, todos os acontecimentos tinham o seu fecho e de certa forma entendia-se o porquê de a autora ter feito como fez. É diferente do primeiro, mas nota-se a mão da autora, especialmente com o facto de haver sempre aquele momento em que sabemos já tudo, mas queremos que a personagem confirme tudo à outra. Ela fez isso, deixando-nos naquele suspense e de forma a que ficássemos agarrados ao livro sem querer largar até ao final do mesmo. 

Acho que seria bom que a 5 Sentidos continuasse a publicar os livros, mas já lá vai 4 anos desde que saiu o Confia em Mim e ainda não há nikles... mas acho que era daquelas sagas que eu gostava de comprar toda em português para a ter completa perto de mim. 

Gostei do Jase, acho que foi uma das minhas personagens favoritas. Ele e ela, na realidade. Eles os dois completam-se através da forma que passam um ao outro. Teresa acaba por ter aquele ponto de personalidade que está bastante perturbado por aquilo que ela passou e faz-se se forte porque não querer sofrer mais como sofreu. Jase é aquela personagem que gostava de fazer de parede, aquela parede que nos gostamos de encostar porque sabemos que ela lá está para nos amparar sempre. 

Acho que o livro também deu para matar saudades do casal maravilha e acho que continuo completamente apaixonada pelo Cam. A Avery continua a ser uma rapariga fantástica, se bem que ela não apareceu tanto como o Cam apareceu, tanto porque Teresa era irmã do Cam e não dela, mas nota-se especialmente que, enquanto casal, os dois continuam mais fortes que nunca. 

A saga conta com mais 3 livros e espero que sejam tão apaixonantes como os primeiros! Esperemos que não demore seis anos para ler o terceiro... a ver se foi só agora entre o primeiro livro de todos e o segundo. 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.