Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Attention

«I am the author of my life. Unfortunately, I am writing in pen and can not erase my mistakes.» - Bill Kaulitz

Attention

«I am the author of my life. Unfortunately, I am writing in pen and can not erase my mistakes.» - Bill Kaulitz

31
Ago18

Sou oficialmente Finalista.

twilight_pr

Finalista.

Uma palavra de 9 letras. Assustadora como tudo. Bolas, se pensar muito nela começo logo a tremer por todos os lados. Finalista.

Enfrentei ao longo do meu percurso académico, muitos anos de finalista. Quando entrei no 4º ano pensei logo que era o meu último ano com todos os meus amigos. Afinal, iríamos todos para escolas diferentes e pensei desde logo que as amizades iriam acabar ali. É diferente, tinha 9 anos e pensava que era o fim do mundo ir para o 5º ano. Afinal, iria apenas ter a Pipa como porto de abrigo. Afinal, as coisas não foram assim.

Não senti nada de diferente quando estava no 6º ano. Tinha 11 anos e não havia aquela coisa de que iria voltar a mudar de escola e que iria perder os amigos que tinha encontrado entre o 5º e o 6º ano. Pensei que as coisas tinham sido diferentes naquela vez, tinha uma grande amiga na altura que iria para uma escola privada e pensei logo que tudo iria ser diferente quando nos separássemos, mas nem estava muito preocupada. Independentemente da escola onde estaríamos, acabaríamos por nos encontrar mais.

No entanto, quando tinha 14 anos a questão de ser finalmente do 3º ciclo voltou a abater sobre mim. Tinha 14 anos e estava prestes a sair do 9º ano. Parece que foi há uma eternidade, mas sejamos sinceros, comecei este blog quando andava nessa fase complexa da minha vida dos 14 anos. De repente, pensei que realmente iria perder tudo o que tinha conquistado ao entrar no 7º ano. Talvez apenas tenha sido porque passei três anos com os mesmos colegas que acabei por me sentir ainda mais ligada a eles: talvez tenha sido isso que me fez não ficar tão agarrada aos meus colegas de 5º e 6º ano; afinal, apenas tinha estado com eles dois anos. Naqueles três anos tínhamos saído para irmos quase todos para o Algarve durante a Páscoa e no nosso último ano tínhamos ido a França, sinceramente... tínhamos criado grandes laços.

No 12º ano, as coisas foram muito diferentes. Tinha 17 anos e as coisas era realmente diferentes. Tinha mais maturidade do que quando tinha 14 anos ou menos e sinceramente não senti aquela perda. Tinha amigos sim na turma, mas nada que me fizesse ter medo de os perder ao acabar o ano. Não havia viagens que eu quisesse fazer, porque entendi que não consigo gostar de festas para conseguir estar ao lado dos meus colegas, não consigui ir ao meu baile de finalistas exatamente por esse motivo e claro por causa do Rock in Rio de 2016. Tudo era diferente, mas a grande pressão de ser finalista do secundário era sem dúvida as candidaturas para a faculdade. O medo de falhar, o medo de tudo o que estava para vir. Durante 12 anos senti-me totalmente apoiada pelo sistema educativo e de repente, iria ficar sem esse apoio e iria para dentro do grande oceano sem qualquer tipo de boia para me conseguir apoiar. 

Agora sou finalista. Estou no meu último ano da licenciatura e é totalmente diferente do que eu experienciei em relação aos últimos anos. Continuei sempre a boiar e a nadar neste grande oceano e de facto, como o meu curso acaba por se dar com tantos outros, tudo se tornou mais complicado de se arranjar. Assim sendo, não sei o que o futuro me reserva (nota mental: fazer um post sobre como foi o meu último no meu último dia de aulas) neste ano, mas para já encontrei pessoas simpáticas e que espero guardar para o resto da vida, espero conseguir dar-me com pelo menos duas delas e que continuemos a ser amigas, mas sinceramente aquela coisa de grupo de 20 pessoas que acabamos por conhecer, não tive e não sinto falta disso. Sou finalista e confesso que não ando entusiasmada para afirmar que já tenho esse rótulo logo a seguir ao meu nome. De tudo o resto, voltei a ficar assustada. 

Sou finalista: o programa seguinte? Who knows? Seguir em frente e começar logo no mercado de trabalho ou ainda continuar o meu percurso académico e ir para mestrado. Em ambas as situações, a mesma pergunta continuará na minha cabeça: será mesmo a decisão certa? Será que serei feliz?

Aqui está a Twi Finalista, no 3º ano da faculdade, totalmente assustada mas entusiasmada para saber o que me reserva. As inscrições já foram: já estou oficialmente inscrita neste novo ano. A prever uma grande tortura dentro de algumas semanas!

4 comentários

Comentar post

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.