Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Attention

«I am the author of my life. Unfortunately, I am writing in pen and can not erase my mistakes.» - Bill Kaulitz

Attention

«I am the author of my life. Unfortunately, I am writing in pen and can not erase my mistakes.» - Bill Kaulitz

14
Out18

Book Store #353

twilight_pr

Três Coroas Negras

Três Coroas Negras.jpg

Autoria de Kendare Blake.

A mana mais velha veio ter connosco ao Algarve depois de ter passado alguns tempos na Comic Con 2018 e não é que me trouxe um livro de lá? Não é propriamente meu, mas face ao facto de já ter terminado todos os meus livros que eu tinha para ler no Algarve, ela decidiu trazer-me o que ela tinha ganho e assim eu acabaria por dar a minha opinião sobre tudo o que tinha achado sobre o livro.

Em primeiro lugar o livro foi dado pela Comic Con e a dizer exatamente que tinha cenas que o livro no seu formato normal não tinha e na realidade isso deixou-me curiosa, mas posso confessar que esse ponto fascinante de ter mais capítulos do que aquele livro que está à venda para todos os comuns mortais é uma grande palermice. Comecemos primeiro por dizer que o livro limitado e super exclusivo Comic Con está à venda em bancas normais e depois ainda falaremos de que os excertos a mais são do livro seguinte, que, não é por nada, na sua maioria a própria editora já o faz propositadamente para que a própria pessoa continue agarrada ao livro ao ponto de ir comprar o livro seguinte. Não é nada de novo, ponto final.

Falando agora da história em si. Quando li o título pensei que fosse uma história de três pessoas nada relacionadas e que vai na volta estavam a tentar conquistar o mesmo território ou coisa assim parecida e que por acaso as três pessoas não era propriamente boas e que era por isso que vai na volta tinham a parte do negro, ou então estavam a usar magia negra, ou algo assim, não sei.

Contudo, acabei por me surpreender quando entendi que sim, era três pessoas que queria conquistar o território, mas na realidade as três pessoas conheciam-se e que estavam todas relacionadas. Não era tipo os Stark que conheciam os Lannister e que conheciam os Baratheon, neste caso, as três coroas estavam relacionadas porque ambas as princesas/rainhas eram todas elas irmãs.

As três irmãs viviam de forma separada desde que eram pequenas, porque cada uma eram uma forte ameaça para as outras. Porquê? Este reino não era normal, a grande verdade era que as três irmãs possuíam poderes que era isso que acabava por governar o reino, cada poder é totalmente diferente um do outro e normalmente aquele que for o mais poderoso de todos acaba por reinar. Como é que acaba por se saber que é o grande vencedor? Há um grande ritual por detrás disto tudo e neste caso tudo acaba por consistir no facto de aquela que for a mais forte acabará por matar então as suas duas outras irmãs e desta forma, ela será proclamada rainha.

As coisas parecem simples, mas nesta geração as coisas são totalmente diferentes. Katherine tem o dom do veneno, ela pode simplesmente ingerir qualquer veneno que não lhe faz qualquer mal (ou pelo menos não devia). Arsinoe é a irmã que na ilha inteira fazem mais troça especialmente porque para ela, o seu dom está de encontro aos animais e de como todo o ser vivo acaba por ser manipulado pela própria. Mirabella é a mais forte das três e consegue invocar qualquer um dos quatro elementos da terra. É sem dúvida a mais forte. 

Quero esclarecer um ponto que acho que não ficou nada explicado na sinopse quando a pessoa a vai ler. Mirabella é sem dúvida a irmã mais forte e sem dúvida que ela consegue fazer aquilo que falam na própria sinopse, contudo, é apenas aí que eles acertam. Quando se fala de que Arsinoe consegue e tudo controlar o leão mais feroz, tenham lá calma que ela não consegue de todo fazer isso, ela nem consegue controlar animais mais pequenos quanto mais leões e ursos. Dizer que a Katherine é uma grande enevenadora e que ela consegue totalmente ingerir veneno que nada lhe acontece, desenganem-se. Ela não consegue ingerir os piores venenos e até aqueles que são mais fracos acabam por ter algum efeito, normalmene ela apenas os aguenta porque durante anos acaba por os tomar. Portanto, quando forem ler a sinopse, não pensem que Katherie e Arsinoe são fortes com os seus dons, porque na realidade não são mesmo.

O grande contexto da história é destas três irmãs que nunca mais se viram desde que eram pequenas e que lutam por um trono e que sabem que para o ter as outras duas terão de morrer. O único problema é que as duas irmãs mais fracas sabem perfeitamente que nunca irão conseguir ter as grandes vencedoras da corrida ao trono, está totalmente na cara. Portanto, ambas terão de fazer o possível e o impossível para mostrar ao povo durante a cerimónia de que são fortes o suficiente para conseguirem sobreviver e serem elas as rainhas, transmitindo a cada povo a tranquilidade e a força que eles tanto desejam.

O livro em si acaba por ser bom, mas acaba por ser confuso em algumas questões, especialmente quando já estamos com uma ideia do que vai acontecer com a sinopse e depois até vemos que a forma de ser das personagens acaba por ser totalmente diferente. Portanto, acho que no final de tudo acabei por ficar desiludida porque pensei nunca coisa diferente daquela que acabou por me ser mostrada, mas continuamos a ser amigos.

É aquela coisa entreteu, mas podia ter sido feito de uma forma muitooo melhor!

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.