Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Attention

«I am the author of my life. Unfortunately, I am writing in pen and can not erase my mistakes.» - Bill Kaulitz

Attention

«I am the author of my life. Unfortunately, I am writing in pen and can not erase my mistakes.» - Bill Kaulitz

02
Abr18

What I Saw #120

twilight_pr

Tomb Raider (2018)

Tomb Raider.jpg

Ontem foram os anos da melhor amiga da mana mais velha. Para começar a festejar em grande o seu dia, acabamos por ir ver como seria a nova Lara Croft, sem a nossa Angelina Jolie.

O filme é inspirado no jogo Tomb Raider 2013 e um bocado no a seguir, pelo aquilo que sei (Rise of the Tomb Raider). E eu apenas joguei um bocado do primeiro porque acabei por enfrentar com alguns problemas técnicos do próprio jogo e acabei mesmo por o deixar de lado.

No entanto, acho que até o filme consegue buscar partes principais de pelo menos do primeiro jogo (que foi aquele que eu joguei), especialmente as partes que envolviam as mortes, porque de certa forma acabam por ter o mesmo efeito que na Lara do jogo assim como com a Alicia.

Com o início do filme comecei logo a achar que a coisa estava mal, desde quando é que a Lara Croft não tem dinheiro? Porque se bem me lembro aquela mansão maior do que a minha faculdade se for preciso não é de certeza sinal de pobreza muito menos a empresa e as viagens que faz muito menos. Lá que foi feito o contexto e eu lá que entendi e passou tudo bem e acabei por entender todos os outros pontos importantes da história.

Acho que não foi assim um grande big deal o facto de ser a Alicia a fazer o papel de Lara Croft e não a Angelina Jolie, como já estávamos habituados. Depois também há uma outra parte, pensei que mesmo em aspeto a coisa nem iria ser uma cena muito bonita de se ver, porque... a Lara Croft tem tudo ali no sítio especialmente ali as suas prateleiras e pensei que com a Angelina até que a coisa estava a ir muito bem, mas com a Alicia, fiquei... será que iria ficar muito bem? Mas acabei por nem ligar muito a esse fator importante.

Aquilo que eu gostei foi o pormenor da trança no final do filme, porque c'mon é uma marca demasiado especifica da Croft para não a colocarem.

Foi giro o filme e acho que os atores fizeram um grande papel, referindo e tudo a Alicia mais uma vez porque ela fez mesmo um bom trabalho enquanto Lara Croft. Gostei bastante do ator que interpretou o pai dela, que estava mesmo muito bom, especialmente a nivel de intimidade entre eles os dois: via-se mesmo que gostavam um do outro, por todas as memórias que se foi mostrando ao longo do filme, assim como até nas filmagens depois de ela finalmente descobrir que afinal o seu pai não era apenas um homem de negócios.

Surpreendi-me na positiva e estou contente por ter conseguido ir ver o filme ao cinema porque sem dúvida que valeu a pena. A banda sonora muito fixe e conto com os efeitos especiais que estavam muito bons, com especial atenção no que toca ao temporal e quando estavam dentro do túmulo, foram mesmo os pontos altos dos efeitos especiais.

3 comentários

Comentar post

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.